Dec 05

Guilherme Ribenboim, diretor executivo do Twitter no Brasil, mostrou nesta segunda-feira como o Twitter e a televisão brasileira já caminham juntos, indicando que a empresa deve seguir o caminho da ‘segunda tela’ no país.

O termo define quando um usuário assiste televisão dividindo sua atenção com a telinha deum smartphone, geralmente tuitando sobre o assunto. Trata-se de uma tendência nos Estados Unidos e deve ser uma das apostas do Twitter no Brasil.

Ribenboim exibiu números que podem ser bastante atrativos para as emissoras brasileiras passarem a investir mais no Twitter. Um estudo do TVGuide.com mostra que, nos Estados Unidos, 17% dos entrevistados começaram a assistir um programa devido ao ‘burburinho’ em volta do programa nas redes sociais. Alem disso, destes, 31% continuaram a assisti-lo justamente devido à interação nestas mídias.

O executivo mostrou que, dos cinco eventos que renderam o maior numero de tuítes por minuto no Brasil, todos estavam de alguma forma ligados à TV. Entre eles estavam os dois jogos da final da Copa Libertadores, em que o Corinthians se sagrou campeão, o capítulo final da novela Avenida Brasil, a morte do humorista Chico Anisio e o penúltimo episódio do programa The Voice, da Rede Globo.

Shailesh Rao, vice-presidente internacional do Twitter mostrou uma como este recurso já é comum no mundo. O executivo mostrou o pico de tuítes durante o programa de TV X-Factor britânico, que promovia uma hashtag específica. Ao exibi-la na tela, foi impressionante o pico de tuítes com aquela mesma hashtag, quase instantaneamente.

Fonte: Olhar Digital



Gostou? Compartilhe!!!

Comments are closed.

preload preload preload