Jun 07

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, encontrou-se hoje com a presidente Dilma Rousseff. Na bagagem, o novo cronograma para o desligamento dos sinais analógicos de TV. Conforme a proposta já anunciada pelo ministro, a intenção é, antecipar o desligamento da TV analógica nos grandes centros urbanos para 2015 e prorrogar por mais alguns anos (provavelmente até 2018 ou mais tarde) o apagão dos municípios menores. O número de cidades que terão que sofrer o completo desligamento dos sinais de TV analógica também já foi definido pela equipe do MiniCom e Anatel, e deverá girar em torno de 800 a mil cidades.

Com a antecipação do apagão da TV digital de 2016, conforme definiu o presidente Lula, para 2015, conforme sugere o ministro Paulo Bernardo, o governo consegue somar argumentos para fazer com que as teles paguem ao setor de radiodifusão pela limpeza da faixa de 700 MHz, o que não ocorreria. Isto porque, com a antecipação do desligamento nas grandes cidades, a frequência hoje ocupada pela TV aberta analógica terá que ser “limpa” para ser comprada pelas operadoras de celular, para a oferta de serviços de banda larga.

Assim, a Anatel poderá lançar a consulta pública do edital até o final deste ano, e promover o leilão no primeiro trimestre do próximo ano, conforme o cronograma sugerido por Bernardo.

Fonte: Tele Síntese



Gostou? Compartilhe!!!

Comments are closed.

preload preload preload