Oct 22

Pesquisa realizada pelo Ibope entre os dias 17 e 30 de setembro aponta que 78% dos domicílios de Rio Verde permaneceriam com algum serviço de TV caso o sinal de TV analógica fosse desligado em 30 de setembro. Do total de domicílios entrevistados, 70% utilizam o sinal terrestre e, destes, 49% têm condições para receber o sinal digital. A meta estabelecida pelo Ministério das Comunicações é de 93% das casas aptas a receber a transmissão digital para confirmar o desligamento do sinal analógico, marcado para o dia 29 de novembro no município goiano.

O diretor-geral da Entidade Administradora da Digitalização (EAD), Antonio Carlos Martelletto, diz que o número alcançado é “bem razoável”, até porque a pesquisa não capturou a distribuição de set-top box aos beneficiários do Bolsa Família, que só foi iniciada nos primeiros dias deste mês, nem outras ações que estão sendo implementadas, como a intensificação da campanha publicitária, projetos de voluntariado e inclusão digital. “Certamente, Rio Verde já é a cidade brasileira mais digitalizada e essa condição vai avançar muito rapidamente no período que falta para o switch-off”, disse. MAs há dúvidas entre os operadores se o índice de desligamento será atendido, considerando que as emissoras de TV estão relutantes em tomar qualquer medida mais drástica de divulgação, como a inserção de mensagens mais invasivas na tela.

Martelletto informa que nos últimos dias foram entregues mais de 4 mil kits conversores e a previsão é que, até o final deste mês, mais de 3 mil sejam entregues aos beneficiários. Além disso, a EAD também estabeleceu diversas parcerias com o varejo para descontos na aquisição de equipamentos relacionados à migração.

O relativo otimismo do executivo da EAD é acompanhado pelo representante da Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel) no Grupo de implementação da digitalização (Gired), André Felipe. Ele acredita que os números de domicílios aptos a receberem o sinal digital crescerão principalmente como resultado do esforço da TV aberta, que vem intensificando a campanha do desligamento dentro de sua programação.

Além disso, ressalta que o pagamento da primeira parcela do 13º salário; as promoções que o varejo da cidade está fazendo, com ofertas de TVs e conversores a preços razoáveis e parcelados em 15 vezes sem juros; e, principalmente, o efeito multiplicador da distribuição das caixinhas do Bolsa Família apontam para um cenário mais positivo. “Quem vê uma imagem melhor da televisão ficará motivado a adquirir um novo televisor ou um conversor”, acredita.

Segundo Felipe, só os beneficiários do Bolsa Família podem acrescer o percentual de lares preparados para o switch-off em 10%. Ainda assim, faltarão mais de 30% para o cumprimento do índice determinado pelo governo. A preocupação da Abratel é com relação ao cenário econômico adverso, que pode sustar esses avanços. Mas André Felipe disse que os radiodifusores estão fazendo o que está no alcance deles para que tudo dê certo e a data de desligamento em Rio Verde seja cumprida.

Nova fórmula

Para Martelletto, um quadro mais claro da digitalização em Rio Verde pode fortalecer a tese defendida pelas teles de que a fórmula de cálculo para aferição do percentual de domicílio com TV digital deve ser ajustada, hipótese que os radiodifusores, por enquanto, refutam. A ideia das operadoras é que seja seguido o modelo usado em outros países, computando as casas com TV por assinatura e com sinal por antena parabólica. A fórmula brasileira só leva em consideração as casas que recebem o sinal terrestre de TV aberta.

“Esse é um tema que será agendado para as próximas reuniões com os radiodifusores”, disse Martelletto. André Felipe, por sua vez, disse que os radiodifusores podem conversar, mas ainda não estão convencidos de que a modelagem de cálculo dos domicílios deva ser alterada.

De acordo com a EAD, a aferição final dos lares digitalizados está programada para ocorrer na segunda quinzena de novembro. Na pesquisa de setembro, o Ibope ouviu pessoas de 805 domicílios da cidade. Além da aplicação do questionário, técnicos de antenas entraram nas residências para confirmar as informações passadas pelo morador.



Gostou? Compartilhe!!!

Comments are closed.

preload preload preload