Oct 11

Terminou nesta última sexta-feira,07/10, o primeiro módulo do Curso Internacional de Treinamento sobre TV Digital Terrestre, realizado em parceria entre o Ministério das Comunicações, a Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) e Agência Brasileira de Cooperação (ABC). O curso, realizado na Anatel, durou uma semana e contou com a participação de 16 representantes de órgãos reguladores da Bolívia, Costa Rica, Paraguai, Equador, Guatemala e El Salvador.

A capacitação teve ênfase nas questões regulatórias e no planejamento de canais com a digitalização. O conteúdo também incluiu os fundamentos do sistema nipo-brasileiro de TV digital, aspectos de fiscalização técnica e certificação de equipamentos, bem como a normatização internacional do ISDB-T. Os participantes ainda visitaram a Torre de TV Digital em Brasília e as instalações da TV Câmara, TV Senado e TV Justiça, que já transmitem na nova tecnologia.

O objetivo era apresentar a experiência brasileira aos participantes e criar um ambiente de troca de experiências, já que cada um apresentou um panorama da implementação da TV digital em seu país. “O importante desse treinamento não é só transferir tecnologia sobre TV digital, acelerando o processo de implantação deles, mas principalmente abrir um canal de comunicação. A ideia é que esses técnicos estrangeiros passem a interagir mais com os nossos técnicos do lado de cá”, explica o assessor da Secretaria de Telecomunicações do MiniCom, Flávio Lenz, que representou o ministério no evento.

Dos países que participaram do treinamento, apenas El Salvador e Guatemala ainda não adotaram oficialmente o ISDB-T, embora já tenham demonstrado interesse pelo modelo. Os treinamentos, segundo Flávio Lenz, são importantes para reforçar o ISDB-T como o modelo predominante na América Latina.

Acordo multilateral

A capacitação realizada na Anatel é resultado do acordo firmado com a Jica e a Agência Brasileira de Cooperação em julho deste ano para dar treinamento a técnicos dos países em desenvolvimento que adotam o padrão nipo-brasileiro de TV digital ou estão em negociações. A parceria faz parte do Programa de Treinamento de Terceiros Países (TCTP), realizado pelas duas agências de cooperação.

O TCTP existe há 20 anos e tem como foco a capacitação de países em desenvolvimento com cursos em áreas consideradas prioritárias, como saúde, meio ambiente e tecnologia. O curso de TV digital é o primeiro TCTP realizado com o Ministério das Comunicações. A capacitação será toda feita no Brasil, com apoio do Japão. O treinamento será dado pela Agência Nacional de Telecomunicações, Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel) e universidades brasileiras.

O curso de regulação realizado nesta semana foi a primeira atividade do projeto. A próxima etapa será mais voltada para questões de transmissão e acontecerá entre 7 e 11 de novembro. Os candidatos interessados devem ter certificado na área técnica (eletrônica, elétrica e/ou telecomunicações), possuir ao menos dois anos de experiência na área de engenharia de TV e atuar na área.

Os países convidados para esta segunda etapa são Angola, Bolívia, Chile, Costa Rica, El Salvador, Equador, Guatemala, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. As inscrições podem ser feitas no site da Agência Brasileira de Cooperação até o dia 19/10.

Fonte: FNDC



Gostou? Compartilhe!!!

Comments are closed.

preload preload preload