Sep 30

O padrão nipo-brasileiro de televisão digital continua se expandindo. O governo de Honduras anunciou, na semana passada, a adoção do sistema ISDB-T (Integrated Services Digital Broadcasting – Terrestrial) como padrão para TV digital terrestre. Em 2007, Honduras havia optado pelo o sistema americano, mas acabou revertendo essa decisão.

Assim, Honduras é o terceiro país na América Central a escolher o padrão nipo-brasileiro, e o 15º no mundo. Uruguai, Argentina, Paraguai, Chile, Bolívia, Peru, Equador, Venezuela, Costa Rica, Filipinas, Botswana e Guatemala já optaram pelo ISDB-T, além de Brasil e Japão.

O órgão regulador de Honduras ressalta que vários países adotaram o padrão ISDB-T porque o sistema combina características técnicas que permitem uma melhor cobertura e utilização do espectro. Além disso, facilita a prestação de outros serviços que beneficiam a população.

O padrão nipo-brasileiro proporciona maior qualidade da imagem e do som, possibilita a interatividade com o telespectador e acesso por dispositivos móveis, como celulares, tablets e aparelhos GPS.

Outra vantagem é que o Brasil e o Japão oferecem oferta de capacitação tecnológica e transferência de tecnologia aos países que optam pelo sistema.

A decisão fortalece a estratégia de expansão do ISDB-T para os demais países da América Central, assim como de outros continentes. El Salvador, Belize e Nicarágua também demonstram interesse pelo padrão nipo-brasileiro, mas ainda não divulgaram qual sistema adotarão.

Fonte: Ministério das Comunicações



Gostou? Compartilhe!!!

Comments are closed.

preload preload preload