Sep 30

No dia 25 de outubro, o Globo Universidade e a Universidade Federal de Pernambuco realizam o Seminário Desafios da Integração da TV Conectada no ambiente da TV Digital Brasileira. O evento reunirá especialistas na área para debater temas como a interatividade e a televisão, a TV híbrida, e os demais paradigmas que envolvem os novos “usos” da TV.

Na lista abaixo, saiba mais sobre os participantes do seminário:

Carlos de Brito Nogueira. É Diretor de Planejamento da Direção Geral de Engenharia da TV Globo, atuando no planejamento estratégico tecnológico da emissora. Desde 1994 é Assessor de Planejamento e Controle do grupo ABERT/SET, que estudou os aspectos técnicos, econômicos e sociais da introdução da Televisão Digital no Brasil. Possui MBA em Telecomunicações (FGV) e mestrado em Administração de Empresas (PUC-RJ). É engenheiro eletrônico e iniciou carreira na Philips em 1987. Trabalha na TV Globo desde 1991.

Carlos Ferraz. Possui mestrado em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco (1989) e doutorado em Computer Science pela University of Kent at Canterbury (1995). É professor da Universidade Federal de Pernambuco, vinculado ao Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação. Foi, até 2011, Diretor Adjunto do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (CESAR). Tem interesses de pesquisa e desenvolvimento em sistemas distribuídos, computação ubíqua e pervasiva, software de TV digital (mobilidade, middleware e aplicações).

José Afonso da Silva Junior. É jornalista e professor do Departamento de Comunicação (DCOM) e do Programa em pós-graduação em Comunicação (PPGCOM) da UFPE. Possui Pós-doutorado na Universidade Pompeu Fabra, Barcelona, Espanha (2010-2011); Doutorado em Comunicação e Cultura Contemporânea pela Universidade Federal da Bahia (2006); Mestrado em Comunicação e Cultura Contemporânea pela Universidade Federal da Bahia (2000). Participou do projeto de pesquisa (CAPES/DGU 138/07) que envolveu sete universidades brasileiras e sete universidades Espanholas (Estudos Comparativos de Cibermeios Brasil-Espanha).

Paulo Carneiro da Cunha Filho. É professor do Departamento de Comunicação (DCOM) e do Programa em pós-graduação em Comunicação (PPGCOM) da UFPE, além de Diretor de Comunicação da SeGIC – Secretaria de Comunicação e Informação da UFPE. É doutor em Arts et Sciences de l’ Art pela Université de Paris I – Panthéon -Sorbonne (1989). Entre 1973 e 1993, exerceu várias atividades como jornalista, atuando, entre outros, no jornal O Estado de S. Paulo e na TV Globo. Fez cinema experimental (sobretudo curtas em super-8 e em 16 milímetros). Foi, durante dois anos, membro do seminário fechado de Christian Metz na École des Hautes Études en Sciences Sociales, onde também obteve o Diploma sob orientação do historiador Marc Ferro. Foi representante da UFPE no Porto Digital.

Salustiano Fagundes. É CEO da HXD Interactive Television, empresa brasileira que trabalha com foco no desenvolvimento de aplicativos para multiplataformas televisivas. É graduado em Sistemas de Processamento de Dados (UnP) com mais de vinte e cinco anos de atuação na área de TIC’s, foi diretor e co-fundador da Hirix Engenharia de Software empresa de atuação nacional com larga experiência em projetos de software no mercado corporativo. Como conferencista, fez palestras sobre o impacto da convergência e da interatividade no ecossistema da televisão em diversos congressos, seminários e workshops no Brasil, Argentina, Peru, Equador, Uruguai e Chile. Atualmente, é representante da indústria de software no Conselho Deliberativo do Fórum do Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre (Forum SBTVDT) e integra o Comitê de Marketing da Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (SET). Na área cultural, participou do movimento cineclubista nas décadas de 1970/1980 e da organização de festivais de poesia visual, música e literatura

Yvana Fechine. É professora do Departamento de Comunicação (DCOM) e do Programa em pós-graduação em Comunicação (PPGCOM) da UFPE. É mestre e doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Publicou, entre outros, Televisão e Presença: uma abordagem semiótica da transmissão direta (Estação das Letras e Cores, 2008). É coautora e editora (com Alexandre Figueirôa) de Guel Arraes, um inventor no audiovisual brasileiro (CEPE, 2008). Com Sebastião Squirra, organizou Televisão digital: desafios para a comunicação (Sulina, 2009) e, juntamente com Ana Claudia de Oliveira, editou Imagens Técnicas, Semiótica da arte e Visualidade, urbanidade, interterxtualidade (Hacker, 1998).

Fonte: Globo Universidade



Gostou? Compartilhe!!!

Comments are closed.

preload preload preload