Jul 20

Aplicativos: Lançado novo edital do concurso INOVApps 2015

aplicativos, editais Comments Off on Aplicativos: Lançado novo edital do concurso INOVApps 2015

Banner Inova Apps

Serão premiados 100 projetos nesta segunda edição; objetivo é fomentar o mercado brasileiro de aplicativos

O edital que vai reger a 2ª edição do Concurso INOVApps foi publicado nesta quarta-feira (15). A iniciativa é uma das ações da Política Nacional de Conteúdos Digitais Criativos e visa apoiar o desenvolvimento de aplicativos para smartphones e TVs digitais conectadas, potencializar a criação de novas empresas no ramo e fomentar a produção científica e tecnológica da área. “O INOVApps é uma das várias frentes em que o Ministério das Comunicações tem atuado para desenvolver o mercado brasileiro de tecnologia e desenvolvimento de aplicativos, estimulando o crescimento do setor”, afirma o ministro Ricardo Berzoini.

A novidade é que 100 projetos serão premiados – o dobro da primeira edição, realizada no ano passado. Cada um dos selecionados receberá R$ 50 mil, divididos em duas parcelas, o que totaliza R$ 5 milhões em premiação. Serão premiados no máximo 20 aplicativos de um mesmo tema. “A expectativa é que recebamos propostas de aplicativos ainda melhores, que possam ser úteis para o cidadão e para a administração pública”, destaca a coordenadora de Projetos Especiais da Secretaria-Executiva do Ministério das Comunicações, Wanessa Oliveira.

Inscrição

Para se inscrever, os interessados precisam apresentar uma versão escrita do projeto, a documentação exigida pelo edital digitalizada e um vídeo com até 05 minutos de duração contendo um protótipo do aplicativo que está sendo apresentado. As inscrições podem ser feitas pelo site do Ministério das Comunicações até o dia 28/08.

O edital traz um item importante: somente as primeiras 3 mil inscrições passarão para as próximas fases do concurso. A partir desse limite, os projetos submetidos serão considerados somente para o Banco de Propostas INOVApps.

Requisitos

Os aplicativos precisam ser inéditos, originais e devem ser compatíveis com, no mínimo, uma das seguintes plataformas: Android, iOS, Windowns Phonee Middleware Ginga.

Podem concorrer brasileiros natos ou naturalizados há mais de 10 anos que sejam maiores de 18 anos, bem como empresas estruturadas (empreendedores individuais, micro e pequenas empresas). Cada proponente só poderá submeter uma proposta. Além disso, os apps propostos têm de se enquadrar em um dos 15 temas propostos pelo edital:

  1. Educação / Ensino;
  2. Saúde;
  3. Mobilidade Urbana;
  4. Segurança Pública;
  5. Acessibilidade / Direitos Humanos;
  6. Aferição da qualidade de serviços e políticas públicas;
  7. Assistência Social;
  8. Cultura;
  9. Direitos e defesa do consumidor;
  10. Melhoria da gestão no setor público;
  11. Turismo e Grandes Eventos;
  12. Tratamento de indicadores de políticas públicas (dados abertos);
  13. Participação Social;
  14. Trabalho e Renda;
  15. Meio ambiente.

As avaliações serão realizadas por um Comitê Técnico e homologadas por um Comitê Gestor. O Comitê Técnico será composto por especialistas de notório saber nos temas deste edital e o Comitê Gestor por representantes do Ministério das Comunicações e do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico (CDT/UnB).

Banco de Propostas

O Banco de Propostas foi reformulado nesta edição. Agora, todos os aplicativos inscritos no concurso e que não forem premiados passarão a integrar o banco. A intenção é dar visibilidade a todos os projetos inscritos. “Após a seleção, nós vamos entrar em contato com órgãos federais, estaduais e municipais e divulgar essas propostas de modo a tentar viabilizar o desenvolvimento de mais projetos”, explica Wanessa.

 

 

Fonte: Ministério das Comunicações

Tagged with:
May 06

Ginga Brasil: Minicom anuncia edital do Programa Ginga Brasil

editais Comments Off on Ginga Brasil: Minicom anuncia edital do Programa Ginga Brasil

O Ministério das Comunicações e a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) anunciaram a abertura do processo de seleção de emissoras educativas de TV aptas a receber laboratórios de testes de conteúdos e aplicações interativas de TV digital. O edital acontece no âmbito do Programa de Estímulo ao Desenvolvimento do Padrão Nacional de Interatividade da Televisão Digital Brasileira – Ginga Brasil e consiste na seleção de dez entidades, de direito público ou privado.

O objetivo é o fomento à produção e desenvolvimento de conteúdos e aplicações interativas baseadas no middleware Ginga, a serem adotados na programação transmitida pelas entidades. Além de possibilitar a instalação de laboratórios de testes de conteúdos e aplicações interativas de TV digital nas dez entidades, o programa também capacitará quarenta técnicos, produtores ou diretores das emissoras selecionadas no uso e desenvolvimento de aplicações e conteúdos interativos baseados no Ginga.

Mais informações podem ser obtidas neste link.

 

Fonte: Tela Viva

Tagged with:
preload preload preload