Aug 18

TV analígica: Campanha publicitária do switch-off começa em Rio Verde (GO)

cidades TVD, TV analógica Comments Off on TV analígica: Campanha publicitária do switch-off começa em Rio Verde (GO)

A camTV fora do arpanha publicitária com informações sobre o desligamento do sinal analógico da TV começa nesta terça-feira, 18, no município goiano de Rio Verde, com switch-off marcado para o dia 29 de novembro. A publicidade será feita via TV, rádio, outdoors e painéis, capitaneada pela Entidade Administradora da Digitalização (EAD).

A campanha é assinada pela agência Young&Rubicam e terá um boneco como ator principal na comunicação aos moradores do município. As peças foram aprovadas na reunião do grupo de trabalho de comunicação (GT-Com) do Gired (grupo de implantação da digitalização da TV), realizada na sexta-feira passada.

Na próxima semana, o GT-Com discutirá os procedimentos que serão adotados caso o percentual de 93% dos usuários de TV aberta com disponibilidade de receber o sinal digital não seja alcançado. Esse número é a principal exigência para que o desligamento do sinal analógico seja autorizado.

Fonte: Tela Viva

Tagged with:
Jul 20

TV Analógica: MINICOM faz mudanças pontuais no cronograma de desligamento da tv analógica

cidades TVD, TV analógica, TV digital Comments Off on TV Analógica: MINICOM faz mudanças pontuais no cronograma de desligamento da tv analógica

O Ministério das Comunicações publicou hoje,10, portaria, que traz mudanças no desligamento dos sinais de TV analógica em algumas cidades do interior do país.

Estas mudanças foram feitas e pedido do Gired (grupo de implementação da TV digital), depois de estudos mais profundos sobre o desligamento de cada cidade. Encontrou-se incompatibilidade de canais de TV e de ingresso da tecnologia 4G em algumas cidades mais próxima das capitais, promovendo as mudanças.

Segue a lista das cidades afetadas:

Desligamento das transmissões analógicas em Brasília/DF – 03 de abril de 2016

Inclusão do seguinte Município na lista de localidades afetadas: Cristalina/GO.

Exclusão dos seguintes Municípios da lista de localidades afetadas: Abadiânia/GO, Alexânia/GO e Cabeceira Grande/MG.

Desligamento das transmissões analógicas em São Paulo/SP – 15 de maio de 2016

Inclusão dos seguintes Municípios na lista de localidades afetadas: Caieiras/SP, Cajamar/SP, Francisco Morato/SP, Franco da Rocha/SP, Mairiporã/SP, Pirapora do Bom Jesus/SP e São Lourenço da Serra/SP.

Desligamento das transmissões analógicas em Belo Horizonte/MG – 26 de junho de 2016

Inclusão dos seguintes Municípios na lista de localidades afetadas: Baldim/MG, Brumadinho/MG, Cachoeira da Prata/MG, Capim Branco/MG, Confins/MG, Esmeraldas/MG, Fortuna de Minas/MG, Funilândia/MG, Inhaúma/MG, Itaúna/MG, Jequitibá/MG, Pedro Leopoldo/MG, Prudente de Morais/MG, Raposos/MG, São José da Lapa/MG e Sete Lagoas/MG.

Desligamento das transmissões analógicas em Goiânia/GO – 28 de agosto de 2016

Inclusão dos seguintes Municípios na lista de localidades afetadas: Abadiânia/GO, Alexânia/GO, Americano do Brasil/GO, Anápolis/GO, Anicuns/GO, Araçu/GO, Avelinópolis/GO, Caldazinha/GO, Campestre de Goiás/GO, Campo Limpo de Goiás/GO, Caturaí/GO, Cezarina/GO, Inhumas/GO, Itauçu/GO, Nazário/GO, Nerópolis/GO, Nova Veneza/GO, Leopoldo de Bulhões/GO e Santa Bárbara de Goiás/GO.

Desligamento das transmissões analógicas no Rio de Janeiro/RJ – 27 de novembro de 2016

Inclusão dos seguintes Municípios na lista de localidades afetadas: Itaguaí/RJ, Japeri/RJ, Queimados/RJ e Seropédica/RJ.

Exclusão do seguinte Município da lista de localidades afetadas: Cachoeiras de Macacu/RJ.

 

 

Fonte: Tele Síntese

Tagged with:
Aug 09

Cidades TVD: Sinal digital da TV Sorocaba/SBT chega a Tatuí

cidades TVD Comments Off on Cidades TVD: Sinal digital da TV Sorocaba/SBT chega a Tatuí

Tatuí, município paulista de 109 mil habitantes, é a sexta cidade a receber o sinal digital HD da TV Sorocaba, afiliada do SBT que abrange 28 municípios, totalizando cerca de 2,4 milhões de habitantes.

A cobertura digital da afiliada começou em Sorocaba, seguida por Itapetininga, São Roque, Ibiúna, Jundiaí e agora Tatuí, através do canal 35. A TV Sorocaba SBT foi a primeira afiliada da rede paulista do interior do Estado a transmitir com tecnologia digital, e é uma da poucas no País que  transmite todos os telejornais em HD.

A emisora pertence ao Sistema Vanguarda de Comunicação, composto pelas Rádios Vanguarda AM e FM e pela TV Sorocaba.

Fonte: Tela Viva

Tagged with:
Oct 22

TV Digital: Acordo amplia Rede Legislativa de TV Digital em Porto Alegre

cidades TVD, notícia Comments Off on TV Digital: Acordo amplia Rede Legislativa de TV Digital em Porto Alegre

A Assembleia Legislativa, a Câmara de Deputados e a Câmara de Vereadores de Porto Alegre assinaram na tarde desta segunda-feira, 21, acordo de cooperação técnica para a expansão da Rede Legislativa de TV Digital no Estado. A intenção é que, futuramente, a rede passe a abranger também todos os órgãos legislativos municipais interessados, por meio do recurso da multiprogramação no qual um canal pode ser dividido em quatro. Com a parceria formalizada, tem início as transmissões da TV Câmara de Porto Alegre em sinal aberto digital, através do canal 61.4. A TV Assembleia já transmite em sinal aberto digital e gratuito, no canal 61.2, desde outubro do ano passado.

A Rede Legislativa de TV Digital, atualmente, tem sinal aberto em 20 grandes cidades do País, impactando 42 milhões de brasileiros. No Rio Grande do Sul, os municípios podem participar da rede, encaminhando pedido à Câmara Federal, através de suas Câmaras Municipais. A Câmara dos Deputados já solicitou consignações junto ao Ministério das Comunicações para operar a TV Digital nos municípios de Rio Grande, Bagé, Bento Gonçalves, Cruz Alta, Erechim, Novo Hamburgo, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa, Passo Fundo, Pelotas e Capão da Canoa.

Durante o ato de assinatura do acordo, o presidente da Assembleia, Pedro Westphalen (PP), destacou a importância de expansão da rede para que a população possa acompanhar os trabalhos de seus parlamentares. Além de Westphalen, assinaram o documento o deputado federal Paulo Ferreira (PT/RS), representando a Câmara Federal, e o presidente da Câmara de Porto Alegre, vereador Thiago Duarte (PDT). Também estiveram presentes a presidente do Comitê de TV Digital da Câmara Federal, Sueli Navarro; o superintendente-geral e o superintendente de Comunicação Social da AL, Álvaro Abi Fakredin e Vicente Romano, respectivamente; e a jornalista Michele Limeira, coordenadora da TV Assembleia, entre outros convidados.

Fonte: FNDC

Tagged with:
May 16

Faixa 700 MHz: Minicom cancela editais de TV para evitar congestionamento na faixa de 700 MHz

cidades TVD, notícia Comments Off on Faixa 700 MHz: Minicom cancela editais de TV para evitar congestionamento na faixa de 700 MHz

O Ministério das Comunicações publicará nesta quinta, 16, o cancelamento de três editais de radiodifusão. A medida, para além de um procedimento trivial, é uma clara sinalização de um esforço para viabilizar o espectro na faixa de 700 MHz para a banda larga móvel. Segundo o secretário de radiodifusão do ministério, Genildo Lins, serão canceladas as licitações nas cidades de Arapiraca/AL, Irará/BA e São Mateus/ES, de 2009. As cidades estavam previstas pela Portaria 186, de 22 de abril de 2009, assinada pelo ex-ministro Hélio Costa, que contemplava licitações de TV em nove cidades, mas apenas estas estão sendo canceladas porque os resultados ainda não foram homologados.

São cidades importantes nos seus respectivos Estados e, segundo Lins, estavam enquadradas no conjunto de cidades consideradas mais críticas em termos de disponibilidade de espectro pelo Minicom e onde havia condições jurídicas de cancelamento para cumprir a nova política do governo. São os editais 061/2009 (Arapiraca), 062 (Irará) e 064 (São Mateus).

Segundo a avaliação do ministério, liberar novas outorgas de radiodifusão significaria complicar ainda mais a liberação da faixa de 700 MHz. “Estamos comprometidos em assegurar que a limpeza da faixa prevista na política do ministério das Comunicações possa ser feita sem maiores complicações”, diz Lins. Ele explica que já foi pedida pelo ministro Paulo Bernardo uma audiência com a presidenta Dilma Rousseff para detalhar o decreto que estabelecerá o cronograma de desligamento da TV analógica, antecipando algumas praças e alongando o prazo para além de 2016 em outras. O ministério também aguarda a conclusão dos estudos técnicos da Anatel sobre a ocupação do espectro em cada cidade, mas está se antecipando e revertendo ocupações já planejadas da faixa onde pode haver problemas, como é o caso das três cidades objeto dos editais.

Mas o cancelamento de editais será, politicamente, um movimento ousado do governo, porque na maior parte dos casos a licitação estava em fase avançada, aguardando apenas os vencedores. Segundo fontes do mercado de radiodifusão, em Arapiraca, Alagoas, o grande interesse no canal seria da família Collor.

A decisão do Minicom de suspender uma licitação de TV em curso é emblemática, pois foi a primeira vez que, precisando optar entre priorizar a expansão do mercado de radiodifusão e garantir o espaço para a banda larga móvel, ficou com a segunda alternativa.

Fonte: Tela Viva

Tagged with:
Aug 21

Cidades TV Digital: Governo vai postergar o fim da TV analógica em algumas cidades

cidades TVD, notícia Comments Off on Cidades TV Digital: Governo vai postergar o fim da TV analógica em algumas cidades

Já em outras, como São Paulo e Rio, o fim da TV analógica deve ser adiantado para 2015. A data prevista no decreto que criou a TV Digital é junho de 2016

“Nós não vamos desligar a TV analógica em 2016. Vamos antecipar em algumas localidades e postergar em outras”, disse hoje, na abertura do congresso da Sociedade de Engenharia de Televisão – SET 2012, o secretário de Serviços de Comunicação Eletrônica do Minicom, Genildo Lins. Segundo ele, o governo já estuda a possibilidade de reeditar o decreto da TV digital para incluir a possibilidade de manter o sinal analógico no ar em muitos municípios brasileiros, principalmente do interior do país, depois da data prevista inicialmente para o chamado switch off. Em compensação, cidades como São Paulo e Rio de Janeiro poderiam antecipar o apagão analógico para 2015.

Segundo o secretário, a maioria das localidades do país deverá seguir o cronograma original, previsto no decreto que instituiu o Sistema Brasileiro de TV Digital. Mas a possibilidade de adiamento em muitas localidades vai obrigar o governo _ em especial, a Anatel _ a tratar com cuidado a questão de liberação das frequências, de modo a contemplar a TV aberta.

LTE x TV aberta

Genildo Lins iniciou sua fala na cerimônia de abertura dirigindo-se diretamente ao presidente da Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e TV – Abert, Daniel Pimentel Slaviero, que momentos antes havia lembrado a todos os presentes que o grande desafio nos próximos meses será evitar que a liberação da faixa dos 700 Mhz para massificar os serviços de banda larga móvel com tecnologia 4G (o LTE) não atrapalhe a regionalização da TV aberta e gratuita, nem a restrinja, em nenhuma hipótese. “Alguns pontos precisam ser olhados com muita cautela”, ressaltou Slaviero. “Entre eles, a falta de canais para regiões altamente congestionadas, como as regiões metropolitanas de Rio e São Paulo, além do interior de São Paulo, o remanejamento dos canais e a interferência que o LTE pode causar nos canais de rádio e TV aberta”, completou.

Lembrando que muita coisa mudou no Ministério das Comunicações nos últimos 18 meses, o secretário garantiu que o governo não tomará qualquer decisão que coloque em coloque em risco a TV aberta. “A prova disto é que o primeiro setor a ser chamado para debater a questão foi o de radiodifusão, e não o de telecomunicações”, afirmou Genildo Lins.

Informatização dos processos

Tanto o secretário do Minicom, quanto a conselheira da Anatel, Emília Maria Silva Ribeiro, fizeram questão de ressaltar a parceria com a Abert na informatização dos processos do Ministério das Comunicações. Em 2015 todos os processos serão iniciados mediante a inserção de dados no sistema, sem envio de papel. “A meta é acabar com o papel no Ministério das Comunicações”, disse Genildo.

Segundo ele, o ministério está fazendo uma série de mudanças culturais, processuais e normativas, desde janeiro do ano passado, para garantir maior agilidade no tratamento das questões de radiodifusão. A informatização dos processo é um deles.

Ainda não sei o tamanho do investimento nesse projeto de informatização. O governo contratou uma empresa especializada em reformulação de processos para desenhar o sistema que a Abert, através do Movimento Brasil Competitivo, contratará uma empresa para desenvolver”, explicou o secretário.

O ministério ainda tem hoje, por analisar, mais de 20 mil processos do setor de radiodifusão parados lá há anos.

Fonte: IDG Now

Tagged with:
Jul 30

Cidades TV Digital: Cobertura digital chega a todas as capitais

cidades TVD Comments Off on Cidades TV Digital: Cobertura digital chega a todas as capitais

A TV Acre, afiliada à Globo, estreia seu sinal digital nesta quinta, 26, em Rio Branco. Com a inauguração, todas as capitais brasileiras passam a ter sinal de pelo menos uma emissora de TV digital. De acordo com o Censo 2010 do IBGE, as capitais somam 44,92 milhões de pessoas. Nos demais municípios, segundo nota do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital, a população com acesso ao sinal da TV digital já chega a 43.041.964 habitantes.

Na sexta-feira, dia 27, um dia após a inauguração no Acre, será a vez da TV Rondônia, também afiliada à Globo. A emissora passará oficialmente a transmitir o sinal digital gratuito para Porto Velho, que já está coberta pelo sinal digital de três emissoras: a TV Candelária, afiliada à Record, a Record News e a TV Rede Vida.

Na última segunda, 23, a TV Tem, afiliada à Globo, inaugurou suas transmissões digitais em Bauru (SP), no canal 26 UHF. O município já contava com o sinal digital da Rede Vida. Ainda segundo o Fórum SBTVD os estados do Rio de Janeiro e de São Paulo já contam com mais de 70% de seus municípios atendidos pelo sinal digital de pelo menos uma emissora.

Fonte: Tela Viva

Tagged with:
Jul 11

Como parte da última etapa do cronograma estabelecido pelo decreto nº 5.820/2006, a respeito da implantação da TV digital no Brasil, o Ministério das Comunicações aprovou a transmissão com tecnologia digital para retransmissoras de 30 municípios brasileiros. A medida foi adiantada graças à redução da burocracia na análise dos processos na Secretaria de Serviços de Comunicação Eletrônica (SCE). Com todos os pedidos de geradoras analisados, a meta da SCE é zerar também o estoque de pedidos das retransmissoras.

Dentre as 30 consignações, a maior parte foi no Estado de São Paulo, com 13 autorizações, e no de Mato Grosso, com cinco municípios contemplados. As emissoras autorizadas deverão transmitir sua programação simultaneamente em tecnologia analógica e digital até 2016, quando será feito o desligamento total da TV analógica. A partir deste ano, os canais utilizados para este tipo de transmissão serão devolvidos para a União.

Confira abaixo a lista dos municípios que passam a receber o sinal da TV digital:

  • Votorantim (SP)
  • Rosana (SP)
  • Itaporanga (SP)
  • Pontes Gestal (SP)
  • Barra do Turvo (SP)
  • Espírito Santo do Pinhal (SP)
  • Pilar do Sul (SP)
  • Pedro Toledo (SP)
  • Novo Horizonte (SP)
  • Reginópolis (SP)
  • São Sebastião (SP)
  • Pederneiras (SP)
  • Piracicaba (SP)
  • Linhares (SE)
  • Santana do Ipanema (AL)
  • São Luis (MA)
  • Porto Esperidião (MT)
  • Lucas do Rio Verde (MT)
  • Nova Mutum (MT)
  • São Felix do Araguaia (MT)
  • Alto Garças (MT)
  • Itaúba (MS)
  • Glória de Dourados (MS)
  • Volta Redonda (RJ)
  • Rio de Janeiro (RJ)
  • Belo Horizonte (MG)
  • Governador Valadares (MG)
  • Rio do Sul (SC)
  • Irineópolis (SC)
  • Não-Me-Toque (RS)

Fonte: Tela Viva

Tagged with:
May 31

TV Digital: Globo inaugura sinal digital no Amapá

cidades TVD Comments Off on TV Digital: Globo inaugura sinal digital no Amapá

A partir desta sexta-feira, 1º, os municípios de Macapá e Santana, no Amapá, passarão a contar com o sinal digital da TV Amapá, afiliada da Rede Globo. A emissora será a primeira no estado a operar em Full HD. Com a inauguração, a população da capital passa a ter acesso à programação em HDTV de duas emissoras, após o início das transmissões digitais da Rede Vida em 2011.

De acordo com a Rede Amazônica, para marcar a data, será realizada uma cerimônia nesta sexta-feira, às 11h30, no Espaço Divina Arte, em Macapá, com a presença do Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, e demais autoridades, bem como integrantes da diretoria da Rede Amazônica.

Além de retransmitir os programas em alta definição da Globo, a TV Amapá transmitirá, já a partir desta sexta-feira, todo o conteúdo do jornalismo local em HD. O programa “Amazônia em Revista” também será transmitido em HD. Ao todo, a digitalização da emissora custou aproximadamente R$ 6,5 milhões, segundo a Rede Amazônica.

Fonte: Tela Viva

Tagged with:
Apr 26

TV Digital rumo ao interior

cidades TVD Comments Off on TV Digital rumo ao interior

Tecnologia chega a 45% da população das grandes cidades e se prepara para cobrir as pequenas e médias localidades

Quatro anos depois da implementação do Sistema Brasileiro de TV Digital (SBTVD) e com 47% da população brasileira atendida nos municípios já cobertos, o processo de digitalização da transmissão começa a avançar para as cidades menores e para o interior. Os Estados do Rio de Janeiro e de São Paulo são os mais adiantados com a TV digital: têm, respectivamente, 69,6% e 70% de cobertura. Esses dados são do Fórum SBTVD, que reúne fabricantes de TV (LG, Panasonic, Philips, Samsung, Semp Toshiba, Sony e H Buster) e de conversores digitais (Elsys, Visiontec e Envision). E o consumidor responde a essa expansão: até dezembro do ano passado, foram vendidos 15 milhões de aparelhos com conversor digital integrado (foram sete milhões em dezembro de 2010).

“São 433 cidades brasileiras, registradas pelo Fórum SBTVD, que têm TV digital”, comenta a coordenadora do módulo de promoção do Fórum SBTVD, Liliana Nakonechnyj. Nos Estados em que a cobertura da TV digital está mais avançada, começa, agora, o processo de interiorização: a expansão do serviço para cidades médias e pequenas. Nesses Estados, as regiões metropolitanas (capital e cidades circunvizinhas) e as grandes cidades já estão praticamente cobertas.

Isso significa o começo, também, do processo de digitalização das retransmissoras (RTV), que passam o sinal das geradoras (cabeças de rede). Ou seja, a TV digital, além da transmissão nacional, inicia o processo de captação e detransmissão local. Mas existem alguns entraves para que ele ocorra com rapidez, aponta a coordenadora do Fórum SBTVD. “Primeiro, o Ministério das Comunicações tem de trabalhar com afinco para liberar as licenças, que são as consignações de canais digitais. E, não menos importante, as empresas precisam de financiamento para trocar os equipamentos (de captação e retransmissão)”, explica.

As retransmissoras apresentam grande dificuldade de obter financiamentos e o Fórum, segundo a coordenadora, tem feito esforços junto ao governo, via BNDES, para conseguir condições melhores de empréstimos. “Mesmo assim, algumas emissoras têm feito a digitalização, seja com recursos próprios ou, em parte, financiada pelo BNDES e fabricantes dos equipamentos”, afirma.

As geradoras detêm pouco mais de 500 canais e, desses, Liliana estima que entre 100 e 200 já estão inteiramente instaladas com equipamentos digitais. Quanto às principais cabeças de rede, ou redes nacionais, todas, exceto a Rede Globo, cuja sede fica no Rio de Janeiro, ficam em São Paulo: SBT, Record, RedeTV e Band. O País conta com pouco mais de 30 redes de TV locais. As outras emissoras são retransmissoras dessas redes. “A interiorização ocorre com mais ou menos rapidez conforme a região. O Brasil é um país extenso e o planejamento (da implantação) da TV digital abrange, apenas, as retransmissoras primárias (5.716 em todo o País)”, diz Liliana. Agora, para avançar com a interiorização, é necessário englobar as secundárias (4.555), aponta a coordenadora. O cronograma do Ministérios das Comunicações prevê que toda substituição do sinal analógico pelo digital será feita até o final de 2016.

Fonte: FNDC

Tagged with:
preload preload preload